Vai valer a pena

Começo esse post dedicando a você que acha que as coisas não vão bem, à você que acha que Deus o tem esquecido. Dedico também a ti, a quem está desesperado por uma mudança, à você a quem já se prostrou diante dos problemas, que acha que já é um derrotado.

Procuramos as coisas grandes, queremos ver milagres em argumentos inquestionáveis pela ciência, vamos deixando as coisas simples sendo abafadas por esse ego aumentado, vamos sendo derrotados por nossos problemas por achar que estamos sempre sozinhos nessa, quando na verdade estamos diariamente acompanhados. Vamos nos deixando se entregar e não vemos mais as mudanças que aos poucos Deus está fazendo em nossa vida. E nessa busca incessante por argumentos inexistentes vamos deixando de viver os planos de Deus e colocamos em prática os nossos que não agradam a Cristo, vamos sendo derrotados por nós mesmos.

Afinal o que tem deixado para trás? O que tem deixado de crer?

A beleza da vida não está nas riquezas de seus bens materiais, não está somente na quantidade de zeros que sua conta bancária possui. Cada segundo é mais precioso que barras de ouro, cada momento, pessoas em seu caminho é uma riqueza incalculável na qual nenhum matemático pode fazer o total ganho.

A você que não tem mais visto Deus em sua vida, abandone tudo o que deixa-o longe de ti, deixe tudo para trás ao qual te prende longe de Jesus. Abandone o pecado, Deus te quer a cada instante com Ele, volte para Jesus, abre os braços e deixe ser abraçado por Ele. Se entrega, se modifica, se restaura para e por Ele. Prepara teu corpo e alma para receber Jesus. Abra as portas da inocência, acredita na sua presença. Se deixa diminuir para que Deus possa crescer.

Não importa quão grande seja teu problema, muito menos o tamanho que a dor da sua perda tenha, não existe nenhum argumento, problema, dor ou sofrimento que Deus não possa curar. Mas para que isso aconteça você terá que se revoltar, largar tudo o que é do mundo, fazer novas mudanças em sua vida, não grandes movimentos consistentes, mas aqueles vistos por Cristo. Cresça para Cristo.

E cada perda, cada dor ou sofrimentos Deus irá curar, Ele vai te restaurar e tudo o que lhe causava solidão Jesus irá transformar em vitórias. Abraça Jesus, deixa-o te tocar, pois Nele tudo se torna possível. Qualquer doença tem cura, qualquer pobreza é transformada em ganhos. Se envolva nessa grandeza que é Deus e o deixe guiar teus passos. Coloque tudo o que tem lhe causado desesperança nas mãos de Jesus e continue a caminhada, levante, corra para o Senhor. Pois tudo irá valer a pena, cada semente lançada e purificada por você irá crescer e lhe abençoar com bons frutos.

Vai valer a pena cada perda obtida do mundo para ter ganhos ao lado do Pai. Abraça Jesus, você precisa tanto Dele. Nada feito pensando em Jesus irá ficar para trás, tudo voltará em forma de bênçãos para ti. Apenas deixa Deus agir em você, porque vai valer a pena.

Quero ser como criança
Te amar pelo que És
Voltar à inocência
E acreditar em Ti

Mas às vezes sou levado
Pela vontade de crescer
Torno-me independente
E deixo de simplesmente crer

Abraça-me (David Quinlan)


Sinta-se abraçado por Jesus nesse momento. Uma ótima restauração em sua vida.

Quando abandonei Deus

Certo dia meio cabreiro com Deus sai de casa com ele, andei quilômetros questionando sua conduta sobre minha vida, peguei em seu braço e o puxei brabo com a situação ao qual tinha mim fardado a ter, eu como seu filho não entendia o castigo. Então discuti com meu pai soltei tuas mãos olhei piedosamente para seu rosto onde não se conseguia ver sua fisionomia pois o sol me cegava, e ali parado olhando para ele me senti abandonado, abaixei a cabeça num gesto de “estou insatisfeito com a situação“, lhe dei as costas e voltei pelo caminho pedregoso ao qual tinha vindo, não olhei por cima dos ombros, pois a raiva me dominava. Tinha andado quilômetros naquele dia, até que cheguei em casa, já tinha saudade, apesar de estar a poucas horas longe dali.

Corri, entrei em casa, pensando “Deus já deve estar aqui, mas não adianta pedir desculpas, pois não pretendo perdoa-lo”, fui logo dizendo num tom arrogante e alto: Deus escuta aqui o que vou falar, pois eu não pretendo lhe perdoar, dei uma pausa a espera de uma voz branda a mim questionar. Esperei por alguns minutos e tudo que me voltou como resposta foi meu eco dizendo que não ia perdoar.

Eu achando que meu pai ainda estaria voltando para casa decidir deitar, mas logo o sono veio e fui despertar somente no outro dia depois das nove horas.

Decidi então caminhar pela casa discutindo com Deus, soando a voz alta pra que pudesse logo retrucar “Deus, não lhe entendo como pôde, logo você, me abandonou pra nunca mais voltar“, mas outra vez apenas o eco me foi retornado e numa arrogante voz de mal educado retrucou “logo você me abandonou, pra nunca mais voltar“.

Já se passaram três dias e não entendo, meu pai não voltou, Deus estaria perdido ou quem sabe a mim pregava uma peça, andando fui logo dizendo: pai sai da onde estiver pois sei que tem me ignorado. Mas dessa vez nada soou, nem mesmo o eco.

Pensando em ter sido abandonado pelo pai fiquei brabo e gritei, Deus aparece, pois o culpado logo foi você que puniu a mim que sempre o adorei.

Passaste já uma semana e Deus não mais retornou, nem mais apareceu, então foi que eu percebi que uma enfermidade a mim atacou, começou rasteira mas logo se alastrou, então supliquei: pai aparece pois agora rogaste uma praga a mim seu filho.

Três mês já se foram, minha fala já quase não sai, deitado na cama do pai esperando ele voltar ao passar a mão debaixo do travesseiro fui sentindo um livro a palpar, puxei ao meu encontro e entusiasmos me eram brotados a ler na capa manuscrita com letras grandes quase desaparecidas “Diário de Deus”  e abaixo bem pequenininho quase impossível de ler estava um subtítulo “cuidado ao ler, pois tem o poder de lhe converter“, sem entender peguei esperando ali achar Deus, descobrir onde meu pai havia se escondido de mim.

Abri o livro diário mais para meu espanto não tinha nada somente páginas em branco, fui passando uma a uma até então que pelo meu susto algo aconteceu, tinha um texto se formando, ali naquele exato momento, como se alguém estivesse o escrevendo no momento então ao terminar logo li o texto ao qual percebi.

Levantei desesperado e fui logo me perguntando e aos prantos pedindo perdão “Deus, meu pai, me perdoa“.

Percebi que Deus não tinha se escondido de mim mas eu que estava tão cego de raiva que deixei ele ser perdido. Sai desesperado e pela cidade fui logo gritando: alguém viu meu pai, eu o abandonei, sou um filho mal criado, e logo o neguei, alguém viu Deus? – Era tudo o que eu perguntava.

Então foi aí que percebi, eu tinha perdido, abandonado meu pai, Deus.

Quase sem forças para andar e com uma das pernas a rastejar decidir logo no caminho voltar, irei procurar Deus a onde o abandonei.

Foi então que percebi que o caminho longo era cheio de pedras e espinhos, como eu um pobre filho mal criado com uma das pernas a rastejar irei chegar ao encontro de Deus?

Respirei fundo e fui, um caminho de apenas algumas horas tinha se tornado uma jornada de dias que se intercederam por fome, sede e cansaço, um caminho que vi que eu não mais podia. Deitei sobre as pedras e pro céu olhei, clamei a meu pai.

E algo aconteceu, Ele logo apareceu.

Com as pernas rasgadas pelas pedras e com o cansaço a mim dominar achei que era apenas ilusão, então foi quando percebi que uma mão a mim era estendida, era a mão de Deus meu pai dizendo que consegui.

Ao olhar para Deus meu pai não resistir o abracei e logo chorei, pedi perdão e o beijei nas mãos que tinham uma espécie de ferida não antes notadas por mim.

Fui logo falando “eu lhe perdi meu Deus, achando que era culpado pelo meu desespero eu o abandonei, depositei minha arrogância em ti, mas pai, eu percebi que sem você não mais posso seguir“.

Deus como meu pai me pegou no colo e carregou, disse que nunca me abandonou sempre esteve ali. Perguntei sobre suas feridas e a resposta me corroeu pelo mau filho que não as senti.

As feridas foi o preço meu filho que tive que pagar ao ver que estava sozinho pro mal não te pegar, mas agora está tudo bem pois não mais sofrerá pois como todo filho arrependido logo voltou pro pai.

Então eu percebi o preço que ele teve que pagar, e ao ler o diário logo entendi que pro pai devia voltar.

Lucas 12:34 – Porque, onde estiver o vosso tesouro, ali estará também o vosso coração.


Nunca se permita ao abandonar, o perder Deus. Ele fará tudo por você, mesmo que você pense que Ele o abandonaste. Jesus Te Ama. abraços.

Jovem palito de fósforo ou jovem combustão?

palito_de_fosforo-1366x7681

Com tantas coisas novas no mundo acabamos esquecendo nossa essência, o real valor de estarmos aqui, abandonamos a nossa alma em qualquer canto escuro de qualquer beco rodeado por pessoas sem personalidades querendo apenas a nossa companhia momentânea. Vamos nos tornando jovens vazios.

Venho me perguntando sempre onde vai parar a futura juventude.

São tantos desamores, pessoas descrentes de si, pessoas de cabeça baixa com medo de erguer teus olhos pro que vem a frente. Afinal qual o medo do jovem? Qual o medo de querer estar do lado de Deus? Preferem estar ao lado da bebida, das drogas, da fornicação. Jovens com receio de dizer: Jesus eu te amo. Se sentem mais seguro ao lado de um cigarro ao invés da bíblia. Preferem abraçar uma garrafa de bebida alcoólica e carregar do que abraçar tua cruz e beijá-la, como jesus fez.

“Jesus abraça a cruz, num gesto de obediência ao pai.” – Dom João Carlos Seneme

E os jovens abraçando o pecado, em obediência a quem? Devemos parar de abraçar o pecado. Certa vez ouvi uma frase que marcou, não me lembro onde exatamente a ouvi, mas era assim: o pecado vai te abraçar e lhe dar o que comer. Então jovens, cuidado com o que o mundo vem lhe alimentando.

Afinal jovem qual sua preocupação? Com o que vão pensar de ti? Você tem parado para refletir qual tipo de jovem você tem sido?

Parei para pensar e descobri que existem dois tipos de jovens, os jovens palito de fósforo e os jovens combustão.

Os jovens palito de fósforo são aqueles que recebem a palavra, queimam com o fogo do Espírito Santo mas, se esquecem que devem procurar novas formas de alimentar esse fogo, por acharem que conheceu a Deus uma única vez, acabam deixando ele se apagar, não buscam novos alimentos para seu fogo de espírito, e como o palito de fósforo é pequeno logo o fogo vai se apagando consumindo o palito todo, até que que se apague por não ter mais fontes de combustão.

O segundo são os jovens combustão.

Significado de “combustão“: Estado de um corpo que arde produzindo calor e luz.

Esses são os jovens que estão sempre buscando a palavra de Deus, estão sempre em combustão, estão ardendo em fogo de espírito santo, transmitem luz a onde passam. Esses sabem que se não alimentar o fogo, esse fogo se apaga não havendo mais luz.

Então jovem venho lhe perguntar, você está sendo um jovem palito de fósforo que logo deixa o fogo de Deus se apagar e volta a caminhar na escuridão ou vem alimentando esse fogo tornando-se um jovem combustão, que transmite luz a onde passa, iluminando os becos escuros, resgatando novos jovens, ardendo em corpo e alma?

Querido jovem, não deixe que o mundo escuro apague seu fogo de Deus, saiba alimentá-lo, e o principal, onde for transmita essa luz, ardendo novos corpos por onde passar. Amém.

Todo aquele que entrega a vida nas mãos de Jesus,
Absorve e armazena o poder da Sua luz.
Tendo uma vela acesa, coloque-a sobre a mesa.
Pra anunciar o Reino do Céu às nações, assim seja!

Luz! Seja luz, Para aqueles que ainda precisam encontrar Jesus.
Seja luz! Mostre ao mundo que vive nas trevas

Que existe uma luz É Jesus. É Jesus.

Vem Espírito Santo, traz luz ao meu coração.
Faz de mim um luzeiro pra vida do meu irmão.
Vou semear a Sua paz. Quero ensinar o Seu amor.
Unja-me dá-me a graça de ser o Seu servo, Senhor!

Seja Luz (Anjos de Resgate)


Um abraço cheio de luz. Até o próximo post.

Deixa Jesus ser teu copo d’água, mas não o deixe evaporar

Olá viajantes da internet, como estão?

Obtive o seguinte pensamento outro dia em nosso Grupo de Jovens no debate sobre um evangelho.

Ao decorrer do meu dia preciso sempre de pelo menos um copo de água, seja para matar a sede, para tomar um remédio ou fazer aquele suco gostoso. Fazendo uma comparação senti Jesus como esse copo de água. Então pensei: será que estou tomando diariamente meu copo de água? Mas, um copo de água que Jesus me deste?

Eu procuro Deus, quero estar perto de Deus, mas acabo tomando um copo, me sinto satisfeito e sigo com minhas obrigações, mas a verdade é, de quantos copos de água preciso para matar a sede? Mas essa sede que me preenche, uma sede de ter Jesus sempre junto a mim. Me protegendo. Guiando.

Então refleti, e cheguei na conclusão que meu copo de água vai sempre estar ali a minha disposição, sempre que eu quiser vai ser só eu chegar e tomá-lo. Só que eu estou esquecendo disso, acabei deixando o copo ali, achando que apenas um só seria capaz de me satisfazer, e quando a gente deixa um copo de água exposto ao tempo o que acontece? A água evapora.

Logo percebi, estava deixando Deus evaporar-se de mim, estava esquecendo de buscar sempre deixar meu copo cheio, buscando água da fonte ou seja buscando me encher de Cristo, Deus, Jesus, deixei minha água evaporar-se, e o copo acabou ficando seco, não podendo mais matar minha sede. E um corpo sem água, fica doente.

Um corpo precisa diariamente estar hidratado com água, “fonte de vida”. E nossa alma também é assim precisa sempre estar cheia dessa fonte de vida que é buscar Deus seja na bíblia, na igreja, no templo, no culto ou no outro, pois, ele também faz morada ali. E eu tinha deixado de procurar a fonte de vida pra minha alma. Um corpo sem água vai sobreviver por apenas alguns dias, seu estado de saúde não vai ser tão bom. E nós espiritualmente também somos assim, sem essa fonte de vida, iremos ficar doente, seremos levados a morte, levados com o pecado do mundo.

Jesus disse:

João 4-14 Aquele, porém, que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna.

Esqueci de beber dessa água eterna de Jesus, quero ser uma fonte de jorrar para a vida eterna. E quando Jesus diz: “nunca mais terá sede”, compreendo que nunca mais vou me sentir só, nunca mais vou querer estar aqui para servir o mundo, vou estar sempre disposto, pois, vou ter certeza de que Jesus está comigo. E olha que coisa mais linda, será uma fonte de jorrar, seu copo vai sempre estar cheio, não vai mais evaporar-se e quem buscar a ti, também vai poder tomar dessa água, encher teu copo.

Significado de “fonte” 1 Manancial de água que brota do solo; nascente.

Jesus então vai se tornar seu solo que brota água, pra nunca mais você sentir sede. Jesus vai se tornar nascente, para que esteja sempre nascendo dentro de ti. Mas antes para que isso aconteça, você terá que precisar buscar água em seu copo, cuidar para que ela não se evapore e tomá-la, para nunca mais ter sede.

E quem crer em Mim
Do seu interior
Fluirão rios de águas vivas
Se alguém tem sede venham a Mim e beba
Eu Sou a fonte

Jesus, fonte de vida (Kelly Teixeira)


Caros amigos leitores, espero que tenham gostado, um abraço amigo.