Quanto custa um coração machucado?

Texto criado através dos conhecimentos adquiridos no PHN 2015.

A gente nasce para sofrer, tanto que já viemos ao mundo chorando e sendo arrancado do ventre de nossa mãe. Quando chega o momento, somos expulso e choramos por não mais fazer parte daquele momento que durou meses, ao qual já estávamos acomodados.

Somos obrigados a conquistar novos “ninhos” para aconchegar nosso corpo, alma e coração, queremos estar bem. Queremos alguém que possa nos balançar, cuidar e cantar quando a noite escura nos fizer medo. A verdade é que somos acomodados com nosso meio em que vivemos e na maioria das vezes somos levados a aceitar o pouco que a vida nos oferece e não nos empenhamos para buscar o novo, querer algo a mais do que posso apenas ter esperando que chegue até mim.

E com isso vamos nos tornando pessoas de papéis, deixa o vento me levar, e para onde ele me levar estarei satisfeito. Não, não podemos ser assim, não podemos deixar com que o vento nos leve para qualquer lugar. Temos que ser firme temos que ter algo para alcançar, temos que ter metas, objetivos e laços entre eles.

Um coração sofrido, cheio de marcas.

As coisas imundas do mundo nos fazem ter um coração assim, cheio de marcas, cortes e buracos profundos. Quando apenas nos deixamos ser levado somos expostos ao pecado, ao “sofrimento do mundo”, e quando nos afastamos de Deus nesse deixa a vida me levar também sou afastado da felicidade. Pois quem conhece a Deus não precisa correr atrás de felicidade alguma, ela virá atrás de você.

Nascemos para sofrer. Sim, nascemos para sofrer. Mas só continuamos sofrendo se assim nos permitir, pois Deus nos ensina o caminho para a felicidade. Ele nos quer perto Dele para que possa cuidar de nós como uma mãe cuida de seu filho, mas somos ignorantes em boa parte de nossas vidas e acabamos dando o nosso jeitinho de escapar. Queremos ser donos do nosso próprio nariz, mas a verdade é que não conseguimos nem se quer controlar nosso corpo quem dirá nossa mente diante do que o mundo tem para nos oferecer.

Um coração sofrido, sim pode ser enfaixado e curado, mas para que isso ocorra você terá que voltar ao caminho onde deixou Deus, pedir desculpas, ajoelhar-se diante Dele e esperar que Jesus faça com você assim como fez com o cego, lhe dê uma “cusparada” para que você possa voltar a enxergar a vida com novos olhos, para que as escamas que antes cobriam seus olhos sejam tiradas.

Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus. Mateus 5:8

Mas afinal quanto vale um coração machucado? Para nós pode não valer nada, mas para Jesus é tudo o que Ele pode querer de você, para Ele vale mais que ouro.

Não tenho ouro, nem prata, mas o que tenho eu te dou.

Temos que parar de ter medo de fazer parte da vida com Jesus, devemos ser mais dignos da sua benção, queremos ver o milagre feito, mas não temos a humildade de dobrar os joelhos e pedir a benção.

Talvez o seu coração venha estar maltratado, machucado e com isso mais ninguém o queira, mas para Deus ele é precioso. Deixa Jesus agir, enfaixar teu coração e curar todas as feridas que ele possui. O seu coração pode não ter valor para muitos, mas para Deus é tudo o que Ele precisa de ti. Entrega teu coração a Ele e o deixe agir e no tudo mais virá, acontecerá coisas belas em tua vida.

Darei a vocês um coração novo e porei um espírito novo em vocês; tirarei de vocês o coração de pedra e em troca darei um coração de carne.
Ezequiel 36:26


Um abraço cheio de novas transformações para ti, que você perceba que somente Deus tem o poder de enfaixar teu coração.

Anúncios

O que têm levado em sua mala?

Olá viajantes da internet.

Quando tenho uma viagem marcada ou estou prestes a ir para algum lugar o que mais me preocupa é a mala, fico ansioso para poder prepara-la, fazer a lista do que irei levar e nunca sei o que devo ou não colocar dentro dela, quantos pares de meias, blusas, bermudas e se coloco ou não roupagem de frio. Itens de sobrevivência tais como para higiene são os mais importantes e quando vejo acabo que coloquei basicamente o meu guarda-roupas na mala.

Fazendo uma referência a vida como uma viagem que nunca sabemos para onde estaremos ao certo indo ou basicamente ao certo o que necessariamente irei precisar ao longo do percurso, vejo que, sempre que estamos vivendo algum momento de nossa vida ou estamos prestes a passar por algum problema estamos sempre dispostos a ajeitar essa mala, que na maioria das vezes nunca sabemos o que colocar, se deixamos espaço para trazer algo tais como lembranças ou se a lotamos de coisas incertas com medo de que falte algo.

Temos tanta insegurança em nossa vida que desmanchamos e arrumamos essa mala denominada de vários nomes tais como medo, felicidade, incerteza, amor, angústia, dúvida que acabamos ficando perdidos em meio a tantos sentimentos, que por fim vamos colocando tudo na mala, vamos colocando os problemas que muitas das vezes é o item que nunca deveria entrar nela, colocamos dúvidas pois o tempo é incerto demais para confiar, colocamos também amor, felicidade pois queremos além de tudo estar bem e chegar seguros com a certeza de que somos o que somos e que pertencemos a nossas raízes mesmo que esse tempo as vezes mude nossa rota no mapa do destino.

Mas a verdade é, o que tem colocado em sua mala?

Tem colocado amor? Ou não tem deixado espaço para a felicidade? Tem deixado um espaço vazio para guardar as lembranças? Ou não tem tido espaço suficiente pois colocastes teus problemas que ocupou boa parte dessa mala?

O que quero que intendam é que essa mala por mais que saibam que ali dentro tem problemas, felicidade ou angústias, é que, você é responsável pelo que tem colocado e guardado dentro dela, somente você vai decidir o que queres guardar e levar contigo, muitos querem sofrimento, pois se acostumaram com ele, outros só querem amor pois sabem que lhe faltam algo, outros querem fé porque não conseguem mais sozinhos carregar a mala.

Mas a certeza é que mesmo que você queira deixar essa mala guardada em um sótão ou fundo de garagem que lhe serve como quartinho de depósito é que você será responsável por ela, mesmo que queira esquecê-la você terá que tirá-la e fazer a limpeza da mesma para outra viagem nesse passaporte chamado vida. E nas muitas idas e vindas não fazemos esta limpeza, vamos apenas colocando mais coisas dentro dela, vamos guardando tudo o que achamos que nos fará falta. E por ventura da vida guardamos também o que não iremos precisar o que torna essa mala pesada, difícil quase impossível de se carregar.

Para que isso não ocorra, corre lá abre tua mala, procure onde a tem guardado, abre ela e faça uma limpeza, procure entender de que os medos passados não são mais necessários e que esse item já pode ser tirado, pois já foi superado, compreenda que amor nunca é demais então deixe um espaço reservado para ele e que a felicidade que a muito tempo estava esquecida na mala pode ser reutilizada basta apenas tirar a poeira que lhe cobre, e que os problemas, as angústias e a dúvida não serão mais necessárias, pois são de viagens passadas das quais vocês não pretendem mais voltar.

Com essa limpeza em sua mala você terá novos espaços, espaços que serão utilizados para a lembrança que adquirirá ao longo da vida. E que elas sempre vão ser necessárias para a boa recuperação a chegada ao ponto de partida, caso queira algum dia retornar, não por que irá precisar, mas porque as raízes são uma essência que dá vida ao fruto.

Então não espere mais, tire a mala de dentro do seu interior, faça uma limpeza de tudo o que tem carregado, se organize e leve somente o que lhe fará feliz, o que lhe trará boas vibrações. E tenha uma ótima viagem.