Amor perfeccionista

Viemos a esse mundo e nele aprendemos o significado do amor, temos a necessidade de ter alguém ao nosso lado, queremos compartilhar nossas tristezas, alegrias, com um alguém. Temos a ambiguidade no querer, estar, compartilhar.

O amor entre duas pessoas é algo que acontece de forma natural, seja com o tempo, amizade ou destino do conhecer, topar, no apresentar. Algumas pessoas têm mais facilidade para se apaixonar, amar, se doar. Outras possuem dificuldade, constrói uma fortaleza contra o amor ao seu redor, mas a verdade é que viemos para amar e buscamos descontroladamente alguém para nos amar, receber e se doar.

Mas, amor, essa palavrinha com 4 letras, 2 sílabas e milhões de significados que faz nossa mente borbulhar, ferver, se inquietar possui várias formas de achar o seu significado, e tendo um deles irei comentar.

Amor Perfeccionista.

Significado de perfeccionista . O que é perfeccionista: 1- Mania de perfeição em tudo que faz. 2- Pessoa que acredita que a perfeição é o limite.

Um amor que busca a perfeição, se aperfeiçoar, que se acha incapaz até de amar, ah! O amor perfeccionista, que faz qualquer coração se desapegar, apaixonar, dizer eu te amo, se contrair e lutar para até mesmo não mais amar. Um amor cheio de instruções, cheio de “ao pé da letra”, “se não for assim, não dá”, ou até mesmo “imperfeito de mais para amar”.

Amor perfeccionista, aquele que te aperta por dentro, trinca seu coração, lhe faz amar e duvidar, te coloca para dormir com mil e um pensamentos e ao amanhecer lhe faz acreditar, mas, imperfeito demais para amar.

Esse amor é aquele que te faz buscar a perfeição no outro para poder se doar, amar, e até mesmo casar. Um amor que não te deixa amar, mas acaba sendo amor. Talvez amor solitário, amor de momento, amor sem jeito com um querer de “acho que posso dessa vez amar”. Amor perfeccionista esse amor doido, descontrolado.

O amor perfeccionista te afasta das pessoas, te deixa incapaz de si amar e amar. Ah! Esse sim é o amor perfeccionista, com pensamento a todos os instantes de se devo ou não devo amar, bonita ou feia, cabelo ruim ou bom, gentil demais ou muito arrogante, para se amar. Afinal qual o conceito desse amor descontrolado capaz de amar e não amar.

Esse amor é aquele que te torna incapaz de si amar, que procura sempre a perfeição em si mesmo, e com isso acaba achando que todos têm que se tornar bonecos com todos os lados iguais sem nenhum defeito de fábrica. Pois a imperfeição nesse amor não se torna tolerável quando quem o conduz é o perfeccionista, a pessoa que acaba exigindo “todos os lados iguais” de si mesmo, esse acaba criando o amor perfeccionista, capaz de amar e não amar.

Amor, amar, criar, ou copiar, esse desajeitado jeito de se amar. Amor perfeccionista.

Mas afinal como se guiar se o amor não conduzimos e como amar se não existe a perfeição? Talvez se tornará solitário quem cria o amor perfeccionista ou quem sabe este faz par com outro amor perfeccionista, e a vida acaba se tornando um manual de instruções com passo a passo de como não se amar.

Esse texto poema faço referência a esse amor que alguns talvez possa ter, que não te deixa amar e nem si amar, que a todo instante está procurando a perfeição, começa a amar, mas o deixa pra depois pois imperfeito demais para amar. Esse amor tem que ser tratado pois temos que apreender que não somos e nem acharemos alguém capaz de ser perfeito, e nessa busca constante de perfeição acabamos sempre deixando o amor passar. E com ele o tempo também passará e a pessoa perfeita nunca chegará.

Amor perfeccionista, um amor desajeitado de ser, mas que busca intensamente alguém que se encaixe nos requisitos de amor perfeito para se amar. Nosso erro pra quem sofre desse amor como eu, é achar que nunca somos bons o suficiente e que o outro também não irá ser para nós. Queremos alguém que preencha nossa ficha de pessoa inexistente. Uma pessoa que nunca iremos encontrar.

E com isso vamos deixando o amor, a felicidade passar. Intendo que esse amor talvez precisa de um psicólogo pois amor perfeccionista atrapalha, te deixa incapaz de amar mesmo sendo um amor.

Um jeito para se concertar o que se cria sozinho talvez seja não cobrar tanto das coisas, de mim, de você, seja talvez entender, querer compreender, que somos todos imperfeitos e que o único amor perfeccionista que vou encontrar vai ser o meu e somente meu, pois quem ama no modo perfeccionista ativado também mesmo que encontre outro assim do mesmo jeito se tornará imperfeito para preencher a vaga do amor inexistente.

Que saibamos abarcar que desse amor só se sobra a solidão. Então vamos nos internar no nosso subconsciente e dizer para nós mesmos todos os dias: “eu sou capaz de me amar e amar, sou capaz de aceitar as imperfeições do outro e intender que também sou imperfeito”.

Sábio é o ser humano que tem coragem de ir diante do espelho da sua alma para reconhecer seus erros e fracassos e utilizá-los para plantar as mais belas sementes no terreno de sua inteligência.

Augusto Cury


Um abraço forte, cheio de amor (não mais o perfeccionista), e até o próximo post, amigo viajante da internet.

As pessoas boas devem amar seus inimigos

Começo o post com essa frase incrível de Seu Madruga da turma do Chaves, onde ela deixa bem clara que devemos seguir os ensinamentos a que nos foi passado.

Marcos 12:31 – Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

Ou seja devemos amar o próximo mesmo que esse seja o nosso inimigo. Pois Jesus nos ensinou que devemos amar como a nós mesmo e quem não quer ser amado incondicionalmente, com um amor verdadeiro? Argumento que raramente acontece, deixamos o rancor, o medo, a angústia e o ego sobressaltar mais alto que o ensinamento de Deus. Desobedecemos ao Pai por priorizar nossos comportamentos bárbaros, desajeitados e sem sentido algum. Nos obrigamos a mergulhar no mar da intolerância ao próximo, deixamos de ter respeito, uma característica, uma qualidade, indispensável em nossa vida. Continuar lendo